• Arquivo

Top 3 séries que você ouviu falar mas precisa ver direito

Se séries como “The Walking Dead” e “Game of Thrones” não fazem sua cabeça – ou se sempre cabe mais uma no seu coração (e no seu HD) – eis três dicas de bons seriados que ou já acabaram ou que estão no começo, então dá pra alcançar!

Veep
Como é a rotina da vice-presidente dos EUA? Acredite, está mais para um “The Office” do que para um “The West Wing”. A série mostra com humor como esse cargo é cheio de não-me-toques e grandes pequenos conflitos diplomáticos. Da paranóia e do mau humor dos assessores particulares, passando pelos discursos sem preparo e indo até uma simples visita a uma sorveteria, que vira um mega evento. Simplesmente hilária. Aqui fala mais da série, que é uma produção da HBO com um elenco de primeira.

The Borgias
A série é baseada na história da família do papa Bórgia (Jeremy Irons, no caso), uma dinastia italiana de origem espanhola geralmente lembrada pelo governo corrupto e pelas acusações de adultério, simonia, roubo, estupro, incesto e assassinato. Ou seja, só gente fina! A série foi mais ou menos baseada no livro de Mario Puzo, mesmo autor de “O Poderoso Chefão”.

Os Aspones
O Brasil é um país de funcionário público e talvez seja por isso que essa série não emplacou por aqui e teve apenas 7 episódios. São crônicas peculiares sobre o ambiente de trabalho (com o chefe metido a legal e a funcionária perseguida, por exemplo) e sobre o “sistema não-demissional” do nosso serviço público. Além de falar mal do ar de Brasília, claro. No elenco Selton Mello, Andréa Beltrão, Pedro Paulo Rangel, Marisa Orth e Drica Moraes. No roteiro, a mesma galera de “Os Normais”.

.

Anúncios

Regina Spektor canta duas músicas na TV americana

E Regina Spektor começou a pegar no batente para divulgar seu novo álbum. No programa do Letterman, cantou “All The Rowboats” e, no VH1, “Small Town Moon”. Também deu uma pequena entrevista sobre a turnê e o título do disco. Veja os dois vídeos abaixo.

Para saber tudo sobre “What We Saw From The Cheap Seats”, clique aqui!

_

_

Ashton Kutcher imita Karl Lagerfeld em propaganda de salgadinhos

Ashton Kutcher é um dos investidores da Popchips, uma empresa de salgadinhos. Para a nova campanha, que mostra um tipo de serviço de relacionamentos com candidatos peculiares, adivinha quem foi escalado como garoto-propaganda? Sim, ele mesmo. Em um vídeo, o ator de 34 anos se inspirou até em Karl Lagerfeld!

“The Light Bulb Conspiracy”, um documentário sobre meia-calça, lâmpadas e iPods!

A cineasta Cosima Dannoritzer usa o mesmo celular há 13 anos. “Ele nem tira fotos, mas eu tenho uma câmera para isso”, diz ela. Depois de ouvir lendas sobre a prática da indústria de determinar uma vida útil curta para seus produtos (e, assim, vender mais), decidiu investigar o tema.

Assim nasceu o documentário “The Light Bulb Conspiracy”, sobre obsolescência programada.

Vejamos o caso da primeira geração do iPod. Depois de pagar US$ 500 por um aparelho cuja bateria parou de funcionar com 8 meses, um comprador ouviu da própria Apple: “vale mais a pena comprar um novo”.

Esse tipo de prática não é de hoje. Na década de 1920, um cartel que reunia fabricantes de todo o mundo decidiu que as lâmpadas teriam uma validade: mil horas (embora a tecnologia da época já pudesse produzir lâmpadas mais duráveis). É que assim as empresas conseguiam garantir que sempre haveria gente comprando mais lâmpada! E com a crise de 1929 e o consumo caindo, a obsolescência programada se consolidou como estratégia da indústria para retomar o crescimento.

Veja o trailer do documentário abaixo.

A obsolescência programada até faz sentido enquanto você pensa em como manter o crescimento da indústria, mas é inegável: gera muito, muito mais poluição. “Estamos usando nossos recursos naturais e criando montanhas de lixo. Estamos começando a ver as consequências. É um sistema que não pode ser usado para sempre”, diz ela.

(via Link)

Propaganda de nova turnê de Madonna dá pistas sobre tracklist

Caso você more numa caverna e ainda não saiba, Madonna está para sair em turnê e inclusive vai passar pelo Brasil. Essa semana foi divulgado um comercial da tour e, como ela não começou ainda, é basicamente uma colagem de trechos de shows passados, com algumas imagens de clipes por cima. Será que são dicas da tracklist?

Tocam “Give Me All Your Luvin”, “Vogue”, “4 Minutes”, “Into The Groove”, “Like a Prayer” e “Ray of Light”. Mas dá pra ver imagens de “Rain”, “Drowned World”, “Jump”, “Give It 2 Me” (aff), “Justify My Love”, “Express Yourself”, “Papa Don’t Preach” (!) e “Die Another Day”.

Só para comparar, abaixo tem a propagando do DVD “Sticky & Sweet”, de 2008.

O Blur e a megalomania aguda em formato de box

Foram 21 anos (não ininterruptos, mas enfim), mas parece que agora o Blur acabou de vez – a final das Olimpíadas de 2012 deve ser a última apresentação mesmo. Por isso, a banda inglesa vai é aproveitar para recapitular sua história em um box set que pode ser chamado minimamente de “definitivo”. São CDs e DVDs de material inédito e/ou raro separado por álbum ou turnê, mais todos os álbuns em vinil.

As vendas começam dia 30 de julho, mas já dá pra encomendar o seu por 250 dólares aqui.

Veja abaixo a relação completa do que tem nesses boxes!

Continue lendo

Figurinos de “Titanic” em exposição em São Paulo

A versão 3D do filme “Titanic”, dirigido por James Cameron, foi relançado este mês. Já foi rever? Marcando a data, figurinos do longa ficarão expostos em São Paulo até o dia 29 de abril, no Shopping Market Place.

As peças foram usadas por Kate Winslet e Leonardo DiCaprio mesmo. Awn!

(via Modismo)

%d blogueiros gostam disto: