• Arquivo

Origami na parede

Esse projeto da artista francesa Mademoiselle Maurice é muito legal. Ela criou instalações com centenas de origamis coloridos colados nas paredes das ruas de Paris. Um respiro na vida urbana – não que estar em Paris seja lá um grande estresse, mas enfim.

O site dela é esse.

Vi aqui.

Tenso! Livro com fotos de viciados em cirurgias plásticas

O fotógrafo Phillip Toledano convidou homens e mulheres que alteraram seu corpo para posarem em seu próximo livro, “A New Kind Of Beauty”.

Entre fotos provocantes e algumas fotos sem roupa mesmo, todos mostram os resultados de anos e anos de intervenções. Em quase todos os casos são pessoas viciadas e o pecado é o excesso. Assustador, no final das contas.

Aqui tem mais cliques.

 

Light painting com Picasso

Sim, o senhorzinho na foto é ninguém menos que Pablo Picasso lá em 1949. Essas raras fotos foram divulgadas na revista Life.

O projeto foi feito em parceria com o fotógrafo Gjon Mili, que ensinou ao artista a técnica de desenhar no escuro com uma luzinha na mão – enaquanto a máquina fotográfica fica com o tempo de exposição mais longo (de 5 a 10 segundos), registrando tudo.

É amigo moderno, light paiting não é uma modinha tão recente assim.

Lá no Hypeness tem mais fotos.

Pesadelos infantis em GIFs animados

Marcel Meyer criou alguns GIFs animados dentro de um projeto que ele chamou de “My Favourite Childhood Nightmares”. Fascinantes as fotos, dá uma olhada abaixo – não tem nada a ver com aqueles de Kevin Burg.

“É um projeto bem pessoal. Foi tudo inspirado em sonhos que tive quando era criança”, disse. Aqui tem mais sobre o cara.

Trocando a guitarra pelo pincel

Depois de um tempo no mundo da música, vários ídolos se aventuraram no mundo das artes plásticas. Seja um hobby caseiro, uma empreitada séria ou um talento paralelo, não são poucos os exemplos. Eis algumas obras. Qual você mais gosta?

Capa pintada por Thom Yorke

“All That Jazz”, de Tico Torres (Bon Jovi) e “Commercially Dead”, de Ron Asheton (Stooges)

Auto-retrato de Bob Dylan

“Injection”, de Micky Dolenz (Monkees) e uma aquarela de Marilyn Manson

“Big Face Mountain”, de Paul McCartney e “Face and Flowers”, de Ringo Starr (oi??)

“Child of Berlin”, de David Bowie

E aí? Qual é melhor?

Existe um mundo fora do seu iPhone, sabia?

O Felipe Tofani é um designer de São Paulo que começou em 2009 um projeto de “indiretas pela rua”. Tudo começou em 2007, quando conheceu pessoalmente uma mina com quem ele conversava pela web e constatou que ela era mais legal online.

Ele pensou em algumas dezenas de frases e colocou o projeto em rua, colando adesivos por São Paulo, mas o projeto foi se expandindo e chegou a Curitiba, Rio de Janeiro, Porto Alegre e várias outras cidades – incluindo algumas no exterior, como na França, Alemanha, Espanha, Inglaterra e Estados Unidos.

Quem quiser ver mais adesivos tem aqui e aqui.

Descobri o cara aqui.

Os zumbis mais legais de todos

Muito legais essas versões zumbis desses personagens, não? Elas fazem parte da série Great Zombie Portraits de André de Freitas, um designer do Peru. Nesse link aqui tem mais desenhos.

%d blogueiros gostam disto: