• Arquivo

Novo CD do Arctic Monkeys: ninguém viu, ninguém ouviu

Estou falando de dois tipos de “boicotes” completamente diferentes. O primeiro vem dos supermercados norte-americanos, sempre com seus casos de censura. O novo CD da banda, que sai na próxima segunda-feira, dia 6, terá a capa censurada. Sim, essa capa aqui, que não tem n-a-d-a!

Seu título, “Suck it and See”, foi suficiente. Segundo Alex Turner, o álbum foi considerado “rude e desrespeitoso” por uma grande rede de supermercados e terá um adesivo tampando suas palavras. Babaquice, não? E sabemos que ele está falando do WalMart, que já tem no currículo um adesivo no pintinho do bebê de “Nevermind” e a troca do título de “Rape Me” para “Waif Me”, no álbum “In Utero”, também do Nirvana. Apesar dos protestos, nenhuma banda abre mão de vender nessas lojas – pois elas vendem bem, claro.

E é bom o Arctic Monkeys não abrir mão disso mesmo. André Barcinski escreveu essa semana sobre um outro fato interessante sobre o novo CD do grupo: ninguém o ouviu.

No site oficial dos caras, eles colocaram o disco na íntegra para os fãs ouvirem e o player mostrava o número de audições de cada faixa. A primeira, “She’s Thunderstorms”, tinha sido ouvida pouco mais de 150 mil vezes quando ele escreveu o texto. A faixa seguinte, “Black Treacle”, já caiu para 120 mil audições. Ou seja: 20% dos fãs só ouviu a primeira música, mesmo sendo de graça e antes do lançamento!

O número de audições vai caindo, faixa após faixa. A 12ª e última música do disco teve pouco mais de 50 mil audições. É nada. E olha que o CD tem 40 minutos ao todo. Isso abre toda uma nova discussão sobre o esquema de lançar singles/álbuns hoje em dia, não?

Anúncios

2 Respostas

  1. […] intenções de tornar a música mais “adulta”, Alex Turner chamou novamente James Ford e fez “Suck it and See”, o terceiro disco, que cumpriu com honras o desafio a que se propôs. As 12 canções do disquinho […]

  2. […] Tanto que nem me dei ao trabalho de baixar o 3° disco deles, de 2009. Mas aí que influenciado por este post, senti uma obrigação de escutá-los e dar a eles uma chance. Para surpresa minha, amei o […]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: