• Arquivo

Madonna conversa com Ellen sobre bullying

No último dia 9, Madonna participou via satélite do programa de Ellen DeGeneres para falar sobre bullying. Como você deve estar sabendo, o assunto está quente nos Estados Unidos, especialmente depois que vários adolescentes gays cometerem suicídio por estarem sendo alvo de piadas em seus colégios. Abaixo há o vídeo completo da entrevista – que contém também uma declaração dela sobre seu novo filme e sobre o próximo CD

“Eu tenho que dizer que eu nunca senti que me encaixava na escola. Eu não era uma atleta, eu não era uma intelectual, não havia nenhum grupo que eu fazia parte. Eu me sentia como um estranho… Foi até que meu professor de ballet, que também era gay, me colocou sob suas asas e me apresentou a uma comunidade de artistas e de outros indivíduos únicos que me disseram que era bom e certo ser diferente”, disse a cantora em certo ponto do começo da conversa.

E a apresentadora completou: “As pessoas não percebem que, no final das contas, o que faz você diferente é o que vai fazer você único na vida adulta. Geralmente, os que fazem piadas são os que se tornam perdedores”.

Gabriel

Anúncios

5 Respostas

  1. […] boa deixou de ser uma esperança. Além do #purpleday, do vídeo da comediante Sarah Silverman e da conversa de Madonna com Ellen DeGeneres, abaixo temos três vídeos muito interessantes sobre o […]

  2. Os EUA é realmente muito estranho,embora seja um país de primeiro mundo,a mentalidade é de terceiro…Para baixo.

  3. Adoro a Ellen e gosto muito da Madonna. Gostei da entrevista.

  4. Assistindo novamente, não vejo nada estranho e é como se a mentalidade americana fosse mais adulta e direta do que a nossa. Não estou dizendo que não sejamos, (de forma alguma!) mas talvez, culturalmente, não sejamos tão diretos e independentes quanto os americanos. Aprecio sua cultura, sim, sua música. Ellen é realmente incrível e muito inteligente. Há vários aspectos da sociedade americana que não concordo, mas admiro o fato, por exemplo, dos adolescente serem mais independentes, de sair da casa dos pais mais cedo do que os brasileiros, por exemplo.

  5. […] – Conversando com Ellen sobre bullying […]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: